segunda-feira, 21 de março de 2011

Projeto de Assistência às Famílias Pastorais no Vale do Jequitinhonha


 Realizamos uma viagem missionária nos dias 18 e 19 de Março quando foram entregues 10 cestas básicas bem recheadas para 10 famílias pastorais da região.
Desta vez fizemos um trabalho diferente. Fomos em busca de famílias que não conhecemos. Igrejas que não têm cadastro ou que não são conhecidas.
Antes de sair pedimos ao Espírito Santo que nos conduzisse aonde quisesse que estas cestas fossem entregues. Foi maravilhosos ver a direção do Senhor!
O campo que trabalhamos foi Medina, Cachoeira do Pajeú, São Francisco, Jequitinhonha, Joaíma e São Pedro do Jequitinhonha.

APAE de Medina: entrega de 60 fraldas

 Com os mesmos recursos foi possível doar 60 fraldas para a APAE de Medina. Na foto vemos o Pr. Welfany com o aluno Anderson e depois o grupo missionário com o Presidente da APAE Silvío que segura os pacotes de fraldas. A APAE de Medina está passando por sérios problemas financeiros com falta de apoiadores e voluntários, já não estão mais dando refeições aos alunos e as fraldas acabaram. Foi uma grande oportunidade de evangelizar aqueles alunos,voluntários e professores.

ASILO em Medina: entrega de 60 fraldas
Também no Asilo de Medina entregamos 60 fraldas geriátricas. O Asilo tem 18 idosos que nos receberam com muita alegria. 
Oramos com todos idosos que estão nos leitos. 
 Também reunimos com os idosos na varanda.
Alguns dos idosos têm problemas mentais e enfermidades físicas e outros não são tão velhos mas foram abandonados pelas famílias.

Visitas às Famílias Pastorais: entrega de 10 cestas básicas
Pr. José Carlos em Medina/MG da igreja Evangélica Pentecostal em Células.

 Missionária Neide em Cachoeira do Pajeú da Igreja Pentecostal Templo Virtuoso. Ela deixou sua família no Rio de Janeiro e veio começar um trabalho com fé e coragem. Mora numa casa muito pobre com uma filha ainda criança.

 Pr. Arnaldo da Igreja Pentecostal Remidos em Cristo em Cachoeira do Pajeú. O Pr. Arnaldo começou o trabalho em outubro e tem tido muitas dificuldades, ainda não conseguiu nenhum membro em sua nova igreja no alto da cidade em um bairro muito pobre. Sua esposa Tereza recebeu a cesta por que ele estava viajando.

Pr. Hércules da Igreja Assembélia de Deus em Cachoeira do Pejeú. Uma família muito pobre. Havia acabado de mudar de casa e estava amassando barro para fazer um fogão a lenha. Ficou emocionado quando recebeu nossa visita quando oramos e entregamos a cesta.

Pr. Eric da Igreja Assembélia de Deus em São Francisco de Águas Altas às margens da BR116. Ele havia saído para fazer uma visita e sua esposa recebeu a cesta ficando emocionada ao testemunhar que estava orando pedindo ao Senhor provisão para sua família visto que sua igreja não paga o salário do pastor.

Evangelista Marcos em Jequitinonha. Este irmão tem uma armazém e prega a Palavra a todos que ali chegam. Entregamos a ele 100 revistas para evangelização. 

Pr. Ronivaldo da Igreja Assembléia de Deus O Poder do Evangelho em Jequitinhonha.

Pr. José Osman da Igreja Pentecostal Luz Divina em Jequitinhonha. Uma família muito pobre com várias crianças que também ficou emocionado ao nos receber.

Pr. Almir da Igreja Pentecostal Betel de Cristo em Joaíma. Deixamos com ele também 100 revistas evangelísticas.

 Pr. José Antônio da Igreja Pentecostal Cristo é a Vida em Joaíma. Ele mora em Jequitinhonha e passa 3 dias por semana na Igreja em Joaíma, dormindo e cozinhando ali mesmo no templo.


 Pr. Maria Ernani da Igreja Metodista Ortodoxa em São Pedro do Jequitinonha. Ela havia acabado de sair para uma visita e entregamos a cesta ao diácono Roberto. A Pra. Maria Ernani é uma senhora viúva e desbravadora na região.
Para chegar até a igreja no povoado de São pedro do Jequitinhonha foi preciso atravessar o rio Jequitinhonha de balsa.

 Conclusão:
Foi uma experiência muito gratificante. Chegávamos aos lugares procurando igrejas pequenas e pobres, perguntando por seus pastores, procurando suas casas e ao entrar nelas apenas conversávamos e falamos da obra de Deus, ao vermos que estávamos no lugar certo entregávamos a cesta.
Algumas igrejas  e pastores que procuramos vimos que não precisavam e apenas fizemos conhecimento para futuras parcerias na obra de Deus. 
Toda esta região está muito carente da pregação do evangelho e de obreiros para o serviço.

Os materiais entregues foram:
10 cestas básicas
120 fraldas geriátricas
200 revistas evangelísticas